Áreas de preservação

Flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata – Mato Grosso do Sul

Se você pretende viajar para Bonito, Mato Grosso do Sul (MS), aí vai uma aviso: é necessário fazer escolhas. São muitas as atrações, em diferentes locais, cada uma com a sua beleza e que mostram o quão importante é o trabalho de preservação ambiental que é feito na região. Então, se a indecisão é uma das suas características, é bom começar a trabalhar isso, enquanto ajudo com uma dica. Na minha passagem pelo município um passeio que fiz foi a trilha e flutuação no Rio da Prata, uma das atividades que o Recanto Ecológico Rio da Prata realiza.

blog-vem-comigo--viagens-e-gastronomia-luiza-menezes-recanto-ecológico-rio-da-prata-flutuação-foto-adriano-ferrareze

Flutuação no Rio da Prata: beleza sem limites

A distância de Bonito até o Recanto Ecológico Rio da Prata é de 52 km e o tempo de viagem é de aproximadamente 58 minutos de carro. Ele fica na Fazenda Cabeceira do Prata, localizada no município de Jardim, na divisa com Bonito e o acesso deve ser feito pela BR 267, km 512, na zona rural de Jardim.

O valor da trilha e da flutuação varia entre R$ 218 (alta temporada) e R$ 184 (baixa temporada) e não está incluso o deslocamento até a propriedade. Por isso, se você não estiver com um veículo próprio ou locado é necessário avisar a agência de turismo na qual vai adquirir o passeio para providenciar a maneira que chegará no Recanto Ecológico Rio da Prata.

No entanto, todo o equipamento necessário para a atividade já está inserido no preço do passeio: roupa e bota de neoprene, máscara, snorkel e colete salva-vidas, mais o guia turístico especializado que acompanha todo o percurso. Esse é o tipo de passeio que vale muito a pena ter uma câmera fotográfica à prova d’água, mas se você não tiver eles possuem máquinas para alugar.

blog-vem-comigo-viagens-e-gastronomia-luiza-menezes-recanto-ecológico-rio-da-prata-flutuação-equipamento-foto-adriano-ferrareze

Já com a roupa de neopreme e regulando o snorkel

Pelo fato de a atração ser feita em uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), há algumas regras como, por exemplo, ter hora marcada para o passeio acontecer e o número limite de nove pessoas por grupo. A atividade começa com a preparação dos turistas, troca de roupa, alguns recados e o deslocamento, por meio de um veículo, até a RPPN.

blog-vem-comigo--viagens-e-gastronomia-luiza-menezes-recanto-ecologico-preparação-ducha

Ducha: por ser uma área de preservação não é permitido entrar na água com filtro solar e cremes no cabelo

Para chegar a nascente do rio Olho D’água, o grupo realiza uma trilha demarcada, onde o guia fala sobre a fauna e a flora da região. Há placas que explicam sobre alguns animais e árvores, também. Já na nascente do rio Olho D’água, o profissional orienta os visitantes para o início do treinamento e a adaptação do equipamento para a realização da atividade.

Detalhe para os homens para quem tem barba/bigode: em função disso, o snorkel não adere corretamente no rosto e entra água. Então, é necessário de tempos em tempos parar e arrumar a máscara.

blog-vem-comigo--viagens-e-gastronomia-luiza-menezes-treinamento-flutuação-recanto-ecológico-rio-da-prata

Nascente do rio Olho D’água: antes do treinamento

Feita toda a preparação, é hora de flutuar nas águas cristalinas. Uma suave correnteza leva os turistas a um passeio magnífico subaquático. Diversos tipos de cardumes de peixes como: piraputangas, dourados, curimbatás, piaus, matogrossinhos e outros do Pantanal são alguns dos nossos companheiros durante a descida pelo rio. 

blog-vem-comigo--viagens-e-gastronomia-luiza-menezes-recanto-ecologico-aguas-cristalinas-flutuação-peixe

O passeio é encantador e fica mais lindo em um belo dia de sol

É possível encontrar outras espécies durante a atividade: jacaré, sucuri ou uma lontra. Durante o passeio que fiz vimos uma anta, antes de começar o treinamento, e um jacaré na beira do rio. Ao todo, a atividade (trilha e flutuação) tem a duração de 4h.

blog-vem-comigo--viagens-e-gastronomia-luiza-menezes-recanto-ecológico-rio-da-prata-flutuação-peixe-águas-cristalinas

Peixe Curimba ou Curimbatá, também, pode ser chamado de Papa-Terra: se alimenta de microorganismos

Junto no valor do passeio, está incluso, também, um delicioso almoço típico da região.

almoço-regional-recanto-ecológico-rio-da-prata-site-bonito-notícias-foto-Daniel-De Granvile

Buffet de pratos quentes: peixe, farofa, arroz e feijão fazem parte do cardápio

Depois de tudo isso, se você não tiver nenhuma outra atração marcada, você pode dar uma esticadinha ou tirar um cochilo no redário que a fazenda tem, contemplar o som dos pássaros e observar as araras.

blog-vem-comigo-viagens-e-gastronomia-luiza-menezes-recanto-ecológico-rio-da-prata-araras.JPG

Araras: chegam para roubar a atenção com a sua beleza e graça 

trilha e flutuação no Rio da Prata é aquele passeio que você deve fazer. É um dos mais famosos da região. Então, #vemcomigo e coloca na sua lista essa atividade que é top.

Até mais,
Luiza Menezes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s